Informática em concursos públicos

Publicado: 02/11/2009 em Uncategorized
Sabemos que hoje os concursos estão em um nível de dificuldade e de competição nunca visto antes. Para se dar bem não é mais possível deixar de lado aquela matéria mais chata – sim, estou falando da informática. Claro que há um grupo de “nerds” que gostam, mas para a maioria das pessoas a informática é uma matéria que complica o concurso. Veremos as razões levantadas por alguns alunos:

1. A informática é mais prática do que teórica. “Professor, eu sei mexer no computador, então não preciso estudar a teoria…” ou “Professor eu tenho que estudar na frente do computador?”;

2. “Informática é muito ‘decoreba’, tem que saber os comandos de menus e os botões das barras de ferramentas, sem contar que existem várias versões dos programas”;

3. “É difícil encontrar bons materiais teóricos para estudar para concursos, parece que os materiais foram escritos para as pessoas que vão mexer no computador”;

Agora deixemos de lado a parte complicada e vamos descomplicar. Vamos conversar sobre os três tópicos levantados acima. Veja as boas razões para estudar e se dar bem em informática para concursos:

1) A grande maioria das pessoas não vai bem em informática por preguiça de estudar.
É enorme a massa de desavisados achando que as questões de prova são apenas sobre como mexer no computador – algumas questões até facilitam a vida desses pseudo-concurseiros e perguntam algo como “o botão ‘tal’ permite aplicar negrito à palavra selecionada” – brinde, não é? Porém, é sabido que todas as matérias têm suas artimanhas e em informática não é diferente, é preciso estudar com afinco para ter sucesso. Muitas vezes um procedimento é executado de uma maneira (na prática) e questionado de outra forma (na prova), então se prepare, não deixe uma sutileza atrapalhar seus planos. Para isso, acompanhe boas aulas, pegue dicas com os professores e colegas mais experientes e separe um tempinho no seu cronograma de estudo para a Informática. Isso vai trazer uma expectativa positiva nos próximos concursos.

2) Quanto ao “decobera”, vejamos. Todas as matérias têm conteúdos que precisam ser memorizados. No Direito Constitucional, por exemplo, quais são os legitimados a propor ADIn ou ADC ou quais as competências concorrentes entre União e Estados (e DF)? “Ok André, eu acredito que terei que memorizar, mas são muitas coisas quando é informática?”. Sim, são muitos menus, ferramentas e botões que poderão ser utilizados pelo examinador. Mas, da mesma forma que em outras matérias, siga os conselhos dos professores experientes: ESTUDE COM BASE NAS PROVAS ANTERIORES. Sim, com todas em maiúsculas para que isso não saia mais da sua cabeça (enquanto for concurseiro). Estude com questões anteriores de concursos e você poderá delimitar seu campo de estudo. As questões se repetem, além disso as questões dão a você uma boa forma de revisar o que já foi estudado antes e são uma ótima previsão do que virá pela frente.


3) Quanto aos materiais teóricos que são utilizados em treinamentos para concursos públicos, concordo, em parte, que não costumam ajudar muito. Há alguns bons materiais que podem ser garimpados em livrarias, internet ou apostilas. Se for estudar para a ESAF eu aconselho o livro do Prof. João Antônio (Informática para concursos) – acho excelente a parte de hardware e de redes/internet deste livro. Também aconselho o meu livro – Prof. André Alencar (Informática Descomplicada – teoria e exercícios para concursos públicos – 4ª Edição, Ed: Grancursos), principalmente para os concursos do CESPE. No livro, eu procurei fazer um trabalho aprofundado, porém, direcionado para concursos. Mantenho ainda um grupo na Internet que fornece materiais atualizados conforme os editais mais recentes. Você pode acessar o grupo pelo Yahoo: http://br.groups.yahoo.com/group/prof_andre_alencar/. O acesso é gratuito. No grupo são fornecidos artigos, apostilas, exercícios, provas comentadas e muito mais.

Vou ficar por aqui e em breve falaremos mais sobre Informática, concursos e outros temas! Abraço e bons estudos!

André Alencar

Anúncios
comentários
  1. Anonymous disse:

    olá prof Andre,
    gostaria, se for possivel, que verificasse a prova de informatica do mdic/funrio, se alguma questão é passivel de recurso. E me responda através do e-mail: aline.zerbini@yahoo.com.br
    Obrigada,
    Aline Sousa.
    aluna da FACON.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s