Questões Ninja de Excel

Publicado: 01/12/2009 em Uncategorized

Olá mais uma vez!

Neste novo artigo falaremos sobre as “questões ninja” de Excel. O Excel é um editor de planilhas que sempre aparece em provas de concursos. Na maioria das vezes as questões se resumem a principais botões ou principais fórmulas que o programa apresenta. Porém, neste artigo, selecionei duas questões diferentes e difíceis sobre o Excel. Vejamos:

1. ESAF – Técnico da Receita Federal – TRF 2006

Analise a seguinte afirmação relacionadas ao uso Microsoft Excel, em suas versões mais recentes. Para isso, considere uma planilha formada pelas células A1:F9, na formatação original e preenchida com números reais.

Ao selecionar a célula A10, digitar a fórmula =(5+3)*2+10% e, finalmente, teclar , o resultado apresentado pela célula A10 será 1610,00%.

Esta outra questão é também complicada, primeiro porque algumas pessoas sentem dificuldade na realização de cálculos, segundo porque há uma porcentagem incluída na fórmula e este fato complica realmente o resultado.

Vamos dividir a fórmula em duas partes, a primeira é =(5+3)*2 e a segunda é a soma deste resultado com 10%. No primeiro caso a conta é simples, só temos que lembrar daquela antiga propriedade matemática que exige primeiro a solução da operação entre parênteses, neste caso a fórmula é =(8)*2. Continua simples porque o asterisco como operador de multiplicação traz o resultado 16.

Então, agora é só somar 16+10%. Mas professor este 10% é de que? Normalmente se utiliza a porcentagem para representar uma fração de algo, por exemplo, =500*10% equivale a 10% de 500, ou seja, 50. Mas, no nosso caso os 10% não está multiplicando nem dividindo o valor 16, está somando. Nesta situação o correto é entendermos que 10% equivale a 10/100 (10 dividido por 100), ou seja, 0,1. Então, 16+0,1 vale 16,1.

Mas, está em porcentagem… Calma… A penúltima observação então é que 16,1 em porcentagem é 1610%. Ei!!! Que isso??? Calma, lembre-se que a porcentagem do Excel sempre transforma o número no valor 100 vezes maior que o atual. 100% é um inteiro, ou seja é 1, por isso podemos dizer que o número permanece inalterado quanto ao seu valor original porque se está em porcentagem está 100 vezes menor, resumindo 16,1 = 1610%, 1610%/100 = 16,1 OK?

Por último, vale observar que por padrão o Excel trabalha com duas casas decimais quando se faz operações envolvendo porcentagens, então, nesta questão o valor 1610% é representado por 1610,00% o que, mais uma vez convenhamos, não causa nenhuma alteração no valor real do número. 1610,00% = 1610% = 16,1.

A questão é CORRETA, =(5+3)*2+10% resultará 1610,00%.

2. ESAF. Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região – 2003 – ANALISTA JUDICIÁRIO Área: Judiciária.

No editor de Planilhas Eletrônicas Excel, considere uma planilha preenchida com os seguintes valores e fórmulas: a célula A1 com o valor 100, as células de B1 até B10 com a fórmula =A1-10, a célula B11 com a fórmula que calcula a somatória de B1 até B10. Ao se selecionar a célula B11, clicar no item Atingir meta do menu Ferramenta, preencher o campo Para valor com o valor 1000 e o campo Variando célula com A1 e, finalmente, clicar no botão OK, é correto afirmar que, após a conclusão desta seqüência de passos, a célula

a) A1 receberá o valor 110.

b) A1 receberá o valor 200.

c) B1 receberá o valor 90.

d) B11 receberá o valor 100.

e) B11 receberá o valor 900.

Esta última questão também foi considerada muito complicada, primeiro porque é muito difícil interpretá-la, o candidato fica “meio perdido” sem saber exatamente o que o examinador quer com esta questão. Vamos lá. Pede-se para formar uma planilha da seguinte forma:

Todas as células da coluna B estão preenchidas com a fórmula indicada na barra de fórmulas “=A1-10”. Na célula B11 é inserida uma fórmula que calcula o total de todas as células da coluna B, por exemplo, B11 =soma(B1:B10). B11 =900. Logicamente na célula B11 o resultado, atualmente será de 900, mas não podemos esquecer que os 900 são resultado da soma das células da coluna B, que por sua vez, tem cada célula calculada com base na célula A1 B1 =A1-10, B2 =A2-10, B3 =A1-10 e assim sucessivamente.

O examinador pede então para que seja selecionada a célula B11 e seja utilizado o recurso de atingir meta do menu Ferramentas, conforme a figura:

O recurso de atingir meta procura fazer com que uma célula (a selecionada) atinja um resultado determinado, no nosso caso o resultado que se deseja é 1000 (a célula B11 originalmente contem o valor 900). Para que uma célula atinja um valor determinado é necessário que alguma outra célula que influencie no seu resultado seja alterada na proporção necessária. No nosso caso todas as células (A1, B1 até B10) influenciam no resultado, porém, somente células que contenham valores (e não fórmulas) podem sofrer variação pelo recurso de atingir meta. Então, apenas a célula A1 pode variar, e o examinador indicou esta célula como a que sofrerá a variação para que a célula B11 possa atingir a meta de chegar ao valor 1000.

A resposta então é a letra A, a célula A1 deverá variar para 110, assim todas as células da coluna B (B1 a B10) ficarão com o valor 100 porque todas estão preenchidas com =A1-10, então 110-10 resultará em 100. As células de B1 a B10 agora somadas produzirão o resultado 1000. Atingida a meta! Veja a figura que é exibida após a operação:

 

Artigo publicado na revista “Concurso em Foco”
Anúncios
comentários
  1. Sheilla disse:

    Olá professor André Alencar!

    Sou sua aluna da Facon, só que de Dir. Constitucional, gostaria que você desse uma olhadinha na questão n° 31 da prova do MDS(Cespe), pois a achei muito confusa.

    Questão n° 31: As empresas de TV por assinatura a cabo oferecem a opção de conexão à internet por meio de redes locais com tecnologia ADSL, o que permite o acesso e o uso dos serviços correntes disponíveis para essa tecnologia.

    Professor posso está enganada, mais a minha interpretação é seguinte: o fato da questão está falando sobre as empresas por assinatura a cabo não implica dizer que a ADSL mencionada na questão seria a cabo, pois as empresas poderiam oferecer um serviço a parte, independente de TV a cabo, que seria a tecnologia ADSL. Pra mim a questão é passível de anulação, o meu pensamento é errado?
    Abraços
    Sheilla

  2. Olá Sheilla, acredito que ao se falar em empresas de TV por assinatura a cabo a questão deixa bem claro que o serviço de Internet será por cabo (da TV por assinatura). Mas também está errado falar que a rede criada é rede local, não é rede local o ADSL nem a TV por assinatura.
    Então, não acho que seja possível de anulação não!
    Abraço e até mais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s