Acesso direto à memória (DMA – Direct Memory Access)

Publicado: 08/01/2010 em Uncategorized

Acesso direto à memória (DMA – Direct Memory Access) 
               Acesso direto à memória, como o nome sugere, é uma forma encontrada de permitir aos dispositivos de hardware responsáveis por entrada e saída de dados o acesso à memória diretamente, ou seja, sem a necessidade de requisitar acesso por intermédio do processador.
Sem a intermediação do processador, logicamente, o processador ficará mais tempo desocupado para concluir tarefas mais importantes.
Assim como existe o controlador de interrupções, também existe um controlador DMA que suspende o processador quando um periférico pede acesso à memória e possui um canal direto para isso. Mas, veja bem, esta suspensão do processador não o impede de continuar executando outros dados, o processador fica livre do trabalho de intermediar a comunicação entre certos periféricos de entrada e saída e a memória.
Exemplos de hardwares que possuem DMA: Drives, interfaces SCSI, placa de som, interface paralela no modo ECP e interface de escâner.
Exemplos de hardwares que não possuem DMA: Portas de comunicação COM, interface IDE, teclado e joystick.
Atualmente existem sete canais de DMA e duas controladoras.
Texto retirado do livro “Informática Descomplicada”
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s