Arquivo de fevereiro, 2010

Dez dicas para concursos

Publicado: 26/02/2010 em Uncategorized

1ª Dica: Dicas para obter Motivação

MOTIVAÇÃO

A primeira atitude de que alguém precisa para passar em concursos é a motivação. Uma pessoa motivada é mais feliz e produtiva. Motivação é a disposição para agir, podendo ser entendida simplesmente como “motivo para a ação” ou “motivos para agir”.
Você precisa de motivação. Ela é quem nos anima e ela é quem nos faz “segurar a barra” nas horas mais difíceis e recomeçar quando algo dá errado. Porém… isto você já sabe. O que todo mundo quer saber é:

Como conseguir motivação?

A motivação é pessoal: só você pode dizer o que lhe dá ânimo para trabalhar, prosseguir, crescer. As outras pessoas podem ajudar na motivação, mas não nos dá-la de presente.
A primeira motivação é você cuidar bem de si mesmo, ser feliz. Costumo dizer que você vai passar o resto da vida “consigo”, que pode se livrar de quem quiser, de qualquer coisa, menos de você mesmo. Por isso, deve cuidar bem de sua mente, corpo e projetos, sonhos, futuro.
Mas existem outras motivações.

Deus

Deus pode ser uma fonte de ânimo e consolo, de força para viver e prosseguir. Além disto, se você for uma pessoa com sucesso profissional e capaz, poderá servir mais ao trabalho para sua divindade.

Família

Ajudar a família, ter dinheiro e tempo para o parceiro amoroso, filhos, pais, irmãos, é uma das mais fortes injeções de disposição para o estudo e o trabalho.

Riqueza

Existem muitas formas de riqueza, sendo o dinheiro a menor delas. Paz, saúde, equilíbrio, família, sucesso, fama, ser benquisto e admirado, tudo isto são formas de riqueza, que podem ser escolhidas por você e servirem como estímulo.

Dinheiro

O dinheiro nunca deve ser o motivo principal de uma escolha, mas é perfeitamente lícito e digno a pessoa querer ganhar dinheiro. Basta que seja dinheiro honesto. O dinheiro serve para comprar muitas coisas úteis e prazerosas. Assim, se você quer estudar para ter mais dinheiro para gastar, tudo bem, é um bom motivo.

Tempo

Quanto melhor você estudar e quanto mais resultado tiver, mais tempo você terá para fazer outras coisas. E as fará com mais tranqüilidade e segurança.

Resolver problemas

Conheço amigos para os quais o concurso serviu para resolver problemas. Um deles, o Professor Carlos André Tamez, do Curso Aprovação, estudou para ser Auditor da Receita, pois morava no Rio de Janeiro e sua amada, em Curitiba. O concurso serviu para ele poder trabalhar na cidade que desejava. E conheço uma amiga para quem o concurso serviu para poder se separar sem depender de pensão do ex-marido. Para outro, o concurso foi a fonte de dinheiro para montar seu consultório dentário.

Segurança

O estudo e o concurso trazem segurança, seja a de ter alternativas, seja a de ter emprego, dinheiro, aposentadoria etc. São bons motivos.
Motivação é tarefa de todos os dias!
Entenda que todo projeto de longo prazo terá momentos de grande ânimo, momentos normais e momentos de desânimo, e vontade de desistir. Sabendo disso de antemão, procure se preparar para os dias de baixa: eles virão e você vai precisar aprender a lidar com eles.
A motivação deve ser trabalhada diariamente. Todos os dias você pode e deve lembrar dos motivos que o estão fazendo estudar, ter planos, persistir.A motivação deve ser redobrada nos momentos de crise, de desânimo e cansaço. Em geral, ela vai segurá-lo. Algumas vezes, você vai “surtar”, ter uma crise e parar um tempo. Tudo bem, tenha a crise, faça o que quiser, mas volte a estudar o mais rápido possível. De preferência, recomece no dia seguinte.

Dicas de motivação

1) Você pode criar técnicas para se animar. Eu usava uma xerox do contraqueche (hollerith) de um amigo que já tinha sido aprovado. Quando eu começava a querer parar de estudar antes da hora, olhava o contracheque que eu queria para mim e conseguia continuar estudando mais um tempo. Conheço gente que tem a foto de um carro, de uma casa, uma nota de 100 dólares, a foto de onde quer passar as férias de seus sonhos. E tem gente com foto da esposa, do marido, dos filhos.
2) Outra dica importante: esteja perto de pessoas com alto astral, animadas, otimistas, e de pessoas com objetivos semelhantes. Evite muito contato com pessoas que não estejam trabalhando por seus sonhos, que vivam reclamando de tudo, que não queiram nada. Escolha as pessoas com as quais você estará em contato e sintonizado. O canarinho aprende a cantar, ouvindo outro canário. E canários juntos cantam melhor. Esteja perto de quem cante ou goste de cantar.

Motivação: dor ou prazer.

O ser humano age basicamente por duas motivações primárias: obtenção de prazer ou fuga da dor. Quando alguém deixa de saborear uma apetitosa sobremesa, pode estar querendo evitar a dor de engordar; quando a saboreia, está buscando o prazer do paladar. Há pessoas que estudam para evitar dor (nota baixa, reprovação, fracasso) e pessoas que estudam para obter prazer (aprender, saber, acertar, crescer, ter sucesso na prova etc.). Embora o objetivo seja o mesmo (estudar), a motivação pode ser completamente diferente. Acontece que, comprovado em 23 anos de estudo e experiência, mesmo com um objetivo idêntico (por exemplo, passar no vestibular ou concurso público), o desempenho de quem tem motivação positiva (buscar prazer) é bastante superior ao daquele que atua por motivação negativa (evitar dor).

Fonte: http://www.pciconcursos.com.br por Wilian Douglas
Anúncios

Região/Estados: Centro-Oeste | GO
Escolaridade: Nível Superior, Nível Médio
Vagas: 137
Especiais: 5% das vagas
<!–

Reserva:

–> Salário: Máx.: R$ 3.000,00
   Min.: R$ 975,00

Cargos: confira edital
Incrições: 25/02/2010 a 21/03/2010 <!– –>
<!– Prova(s): 15/07/2006 a 17/07/2006 –>
Validade do concurso: 2 (dois) anos, contados a partir da publicação oficial da homologação do resultado final <!– –>
Organizadora:FSADU

Fonte: concursos.correioweb.com.br

Nova turma de Informática

Publicado: 23/02/2010 em Uncategorized
Clique na imagem para amplia-la.

O dia da Prova

Publicado: 23/02/2010 em Uncategorized
O tão esperado dia (ou dias) de prova chegou!! Nervosismo bate, dor-de-cabeça, branco….
Calma!! Essa é a palavra chave. Não pense como se fosse a única chance da sua vida! Que se der errado, não há mais solução….Pense que é apenas um dia comum, mais um dia de “simulado” como vários que você deve ter feito antes. E se por um acaso não der certo: relaxe, surgirão muitos outros concursos em breve. E com certeza você já tem meio caminho andado por ter estudado para essa prova.
O equilibrio emocional , que é fundamental na hora da prova, se adquire com a experiência, geralmente, quem mais faz provas, mais tranquilo está. Então aí vai uma dica: faça algumas provas antes do concurso que você realmente deseja passar, assim você se habitua ao ambiente de prova, horários, vê o que é importante levar, observa o que os outros candidatos fazem no dia D, e até se seu corpo aguenta ficar tantas horas sentados. Numa dessas vale até uma ginástica antes para deixá-lo mais relaxado.
Aqui vão algumas dicas para o DIA DA PROVA:
1. Relógio: tenha um bom relógio, de fácil visualização, que você esteja acostumado a usar (confira se a pilha está boa!)
2. Roupas: use roupas leves e muito confortáveis, lembre-se de que você vai ficar sentado por várias horas! Leve também um casaquinho, se o tempo estiver instável. Frio ou calor pode tirar a concentração do candidato
3. Água: essencial! Leve uma garrafinha de água e coloque na sua mesa. Ajuda a hidratar e relaxar. Mas não exagere na quantidade de água, pois pode dar vontade de ir ao toalete mais frequentemente (e aí perde-se tempo!)
4. Comece por questões mais trabalhosas. A cabeça no início da prova está mais descansada e isso facilita na resolução de questões mais difíceis. Escolha português (principalmente as de interpretação de texto) e de cálculos (como matemática, estatística, contabilidade).
5. Cartão resposta: deixe, no mínimo 30 a 40 minutos para o preenchimento do cartão resposta. O melhor mesmo é resolver toda a prova e somente no final marcar o cartão.
6. Comida: é bom levar, mas dê preferencia à alimentos leves e energéticos, como chocolate, barra de cereais. Fuga de comidas “barulhentas”, como salgadinhos, vai tirar a sua concentração e dos outros candidatos
7. Redação: é melhor deixar para faze-la por último, quando toda a prova (ou quase toda) estiver resolvida.
8. Tempo por matéria: o ideal é reservar um tempo médio para cada matéria, esse tempo pode variar de acordo com o grau de dificuldade das questões, quantidade de texto/cálculos, complexidade etc. É importante já ter feito alguns simulados antes para saber qual é o seu tempo médio por matéria, pois no dia da prova você pode estar mais nervoso e tem um tempo de referência.
E o mais importante: não se preocupe com os outros candidatos! Se a escola onde você foi fazer a prova estiver lotada , isso não quer dizer nada. Todos tem chance de passar, quem realmente estudou e se dedicou já tem meio caminho andado.
Boa Sorte!

Você está meio perdido com tantas expressões diferentes? Não entende nada de direito?
Veja algumas palavras usualmente utilizadas em provas de concurso e seu significado.
Termos Jurídicos frequentemente usados nos concursos:

Ab-rogação: ato de ab-rogar, atp pelo qual se anula ou revoga um normativo (lei)
Acórdão: texto que contém a decisão final de um tribunal sobre um tema específico
Circunscrição: é a divisão que delimita a área de atuação de um tribunal ou de uma vara de Justiça
Comutação da Pena: é a troca de uma condenação mais grave por uma mais leve
Corregedor: magistrado com a função de fiscalizar os juízes de seus tribunal
Curatela: função atribuída a alguém (no caso, o curador) para cuidar dos interesses de pessoas incapazes
Data Venia: expressão do latim usada como forma de se desculpar antes de dizer que discorda da tese de outro juiz.
Dolo: no direito penal, é a vontade de praticar um crime. No direito civil, é a intenção de prejudicar alguém.
Efeito Diferido: princípio que dispõe sobre a aplicação de lei anterior a fatos atuais, mesmo que essa lei já tenha sido revogada.
Ementa: resumo de lei ou decisão judicial. Normalmente, aparece no começo do documento como um enunciado.
Habeas-corpus: beneficio que se pode conseguir na Justiça para impedir ou cancelar uma ordem de prisão
Liminar: é uma decisão provisória, concedida por juiz ou tribunal, para evitar que quem pede o benefício seja prejudicado pela demora no julgamento de um processo.
Periculum in Mora: do latim, significa que, se a decisão demorar, o julgamento da ação ficará sem sentido
Revogar uma lei: tornar a lei sem efeito, nula, fazer que a lei deixe de vigorar.
Sentença Transitada em Julgado: é a decisão judicial definitiva que não pode ser contestada por recursos
Vista: os juízes podem interromper uma votação em julgamento pedindo vista do processo. Significa que querem examinar o caso antes de votar.

O Ministério da Cultura, MinC, publicou o edital para a realização de concurso público para preenchimento de 253 vagas em vários cargos. A realização é através do Instituto Movens.
Estão disponíveis 27 vagas ao cargo de Analista Técnico-Administrativo com exigência de Nível Superior e 226 vagas ao cargo de Agente Administrativo com exigência de Nível Médio, com salário entre R$ 2.293,50 a R$ 2.989,28.
As inscrições deverão ser feitas no endereço eletrônico http://www.movens.org.br, de 01 a 14 de março de 2010, com taxa no valor de R$ 29,75 para o Nível Médio e de R$ 44,50 para o Nível Superior.
As Provas Objetivas e Discursivas serão aplicadas no dia 25 de abril de 2010, no período da manhã para o cargo de Agente Administrativo e no período da tarde para o cargo de Analista Técnico-Administrativo, com duração de 4h30, sendo que os locais e os horários de realização das provas serão divulgado no endereço eletrônico da organizadora, na data provável de 15 de abril de 2010.
A validade do concurso será de um ano, a contar da publicação da homologação do concurso público no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período.

Fonte: concursosabertos.net

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a realização de concurso para o preenchimento de 92 vagas da carreira de técnico administrativo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Confira lista de concursos e oportunidades

A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (10), por meio da portaria nº 44. O cargo exige nível médio de escolaridade.

De acordo com a portaria, a nomeação deverá ocorrer a partir de julho de 2010, desde que haja vagas na data de publicação do edital de abertura para as inscrições.

De acordo com a autorização, os aprovados no concurso substituirão 92 trabalhadores terceirizados que executam atividades não previstas no Decreto 2.271, de 7 de julho de 1997.

O prazo de publicação do edital é de até seis meses a partir desta quarta-feira (10).

Edital deve ser lançado em até seis meses.
Cargo exige nível médio de escolaridade.